• Diogo Martins

Star Wars Comics ed. 1 - Dark Empire

Na nossa primeira parada nessa viagem, vamos visitar Star Wars Dark Empire, a queda de Luke ao lado negro da força, muitos e muitos clones, e o renascimento das HQs de Star Wars.

Então, como havíamos combinado, hoje vamos começar a nossa viagem por esse universo “quase” esquecido que se tornou o antigo Universo Expandido de Star Wars. Todas as quintas-feiras, vou trazer uma obra de HQ no universo de Star Wars que de alguma forma, marcou seus fãs e deixou um legado para essa maravilhosa franquia.


A primeira delas é a série Star Wars Dark Empire, provavelmente a mais importante obra de HQs de Star Wars. Escrita por Tom Veitch e com a fantástica arte de Cam Kennedy, Dark Empire surge como uma continuação à clássica Trilogia de Thrawn, de Timothy Zahn (que também merece uma citação honrosa, mas é uma trilogia de livros, por isso, não vai entrar aqui… por enquanto). Publicada entre dezembro 1991 e outubro de 1992, conta com 6 volumes: The Destiny of a Jedi, Devastators of Worlds, The Battle for Calamari, Confrontation on the Smugglers Moon, Emperor Reborn e The Fate of a Galaxy. A série aparece em uma época um tanto nebulosa dos quadrinhos baseados em Star Wars. Aparentemente o público havia perdido o interesse. Mas, o sucesso da série foi tanto, que a mesma ressuscitou as publicações de Star Wars no formato.


O Imperador Palpatine, convence Luke a abraçar o lado negro da força.

Nela, Luke descobre que o Imperador Palpatine está vivo e, o que foi morto ao final de O Retorno de Jedi, na verdade, foi um clone seu criado com a mescla de tecnologia e poder do lado negro. Muitos outros clones foram criados, o que, basicamente, torna Palpatine imortal. Inexoravelmente, Palpatine consegue convencer Luke de que segui-lo e vir para o lado negro da força é sua única forma de ajudar a galáxia, já que ele, Palpatine, não pode ser derrotado. Luke, então, se torna Supreme Commander Skywalker.


Após conseguir um sabre que pertencia a um Jedi que escapou do expurgo, Leia finalmente chega à cidadela onde estão Luke e o Imperador e, após compartilhar com seu irmão sua ligação com a força, Leia traz Luke novamente para o lado da luz e, juntos, destroem Palpatine, todos os seus clones e a estrutura que os fabricava.